Translate

segunda-feira, 30 de maio de 2011

A Taturana


Ontem mesmo eu estava observando a "luta" de uma taturana. Sei que é um bicho repulsivo, peludo, e se tivermos algum contato com o mesmo, pode até nos causar uma séria alergia. Mas mesmo assim fiquei observando sua tentativa de chegar em... algum lugar. Estava aproveitando o horário de almoço do trabalho para ficar ao sol no jardim da empresa, e bem na minha frente, no chão cimentado, deparei-me com ela: a taturana. Observava seu esforço em atravessar a calçada. Em meu entender, o bicho procurava um gramado, ou uma árvore, ou um chão de terra, pois àquela hora, apesar da brisa fresca, a temperatura estava aumentando, e consequentemente, o local, onde a taturana empreendia sua luta, tornava-se inóspito. Ela, sofregamente, ia para um lado, voltava, ia para o outro, voltava, e assim sucessivamente, nunca chegando a lugar nenhum. Como deu a hora de voltar ao trabalho, deixei minha amiguinha em seus afazeres e a partir daí, pus-me a refletir. Muitas vezes, infelizmente, agimos tal qual esta taturana: não estipulamos metas para nossas vidas, agimos de forma aleatória, desorganizada; às vezes, até na hora de orar, não sabemos nem o que pedir ao Senhor, pois está escrito na Palavra de Deus: "Pedis e não recebeis, porque pedis para o gastardes em vossos deleites. Tiago 4-3". Será o que estamos fazendo com nossa vida espiritual... familiar... no trabalho? Estamos realmente sabendo para onde estamos indo? Diz a Palavra em Êxodo 13-21: "E o Senhor ia adiante deles, de dia numa coluna de nuvem, para os guiar pelo caminho, e de noite, numa coluna de fogo, para os alumiar, para que caminhassem de dia e de noite".. Ao analisarmos mais profundamente a história de Êxodo, concluiremos que este povo ao qual Deus guiava não era nada mais, nada menos, que o povo de Israel, em sua caminhada para Canaã, (Terra Prometida).

Como é maravilhoso contarmos com a ajuda divina para caminhar sobre esta terra, rumo à nossa Canaã!

Nenhum comentário: