Translate

sexta-feira, 16 de abril de 2010

II Reis - 5, 1 a 27- ESTUDO



1 Ora, Naamã, chefe do exército do rei da Síria, era um grande homem diante do seu senhor, e de muito respeito, porque por ele o Senhor dera livramento aos sírios; era homem valente, porém leproso.
2 Os sírios, numa das suas investidas, haviam levado presa, da terra de Israel, uma menina que ficou escrava ao serviço da mulher de Naamã.
3 Disse ela a sua senhora: Oxalá que o meu senhor estivesse diante do profeta que está em Samária! Pois este o curaria da sua lepra.
4 Então Naamã foi notificar a seu senhor, dizendo: Assim e assim falou a menina que é da terra de Israel.
5 Respondeu o rei da Síria: Vai, anda, e enviarei uma carta ao rei de Israel. Foi, pois, e levou consigo dez talentos de prata, e seis mil siclos de ouro e dez mudas de roupa.
6 Também levou ao rei de Israel a carta, que dizia: Logo, em chegando a ti esta carta, saberás que eu te enviei Naamã, meu servo, para que o cures da sua lepra.
7 Tendo o rei de Israel lido a carta, rasgou as suas vestes, e disse: Sou eu Deus, que possa matar e vivificar, para que este envie a mim um homem a fim de que eu o cure da sua lepra? Notai, peço-vos, e vede como ele anda buscando ocasião contra mim.
8 Quando Eliseu, o homem de Deus, ouviu que o rei de Israel rasgara as suas vestes, mandou dizer ao rei: Por que rasgaste as tuas vestes? Deixa-o vir ter comigo, e saberá que há profeta em Israel.
9 Veio, pois, Naamã com os seus cavalos, e com o seu carro, e parou à porta da casa de Eliseu.
10 Então este lhe mandou um mensageiro, a dizer-lhe: Vai, lava-te sete vezes no Jordão, e a tua carne tornará a ti, e ficarás purificado.
11 Naamã, porém, indignado, retirou-se, dizendo: Eis que pensava eu: Certamente ele sairá a ter comigo, pôr-se-á em pé, invocará o nome do Senhor seu Deus, passará a sua mão sobre o lugar, e curará o leproso.
12 Não são, porventura, Abana e Farpar, rios de Damasco, melhores do que todas as águas de Israel? não poderia eu lavar-me neles, e ficar purificado? Assim se voltou e se retirou com indignação.
13 Os servos da Naamã , porém, chegaram-se a ele e lhe falaram, dizendo: Meu pai, se o profeta te houvesse indicado alguma coisa difícil, porventura não a terias cumprido? Quanto mais, dizendo-te ele: Lava-te, e ficarás purificado.
14 Desceu ele, pois, e mergulhou-se no Jordão sete vezes, conforme a palavra do homem de Deus; e a sua carne tornou-se como a carne dum menino, e ficou purificado.
15 Então voltou ao homem de Deus, ele e toda a sua comitiva; chegando, pôs-se diante dele, e disse: Eis que agora sei que em toda a terra não há Deus senão em Israel; agora, pois, peço-te que do teu servo recebas um presente.
16 Ele, porém, respondeu: Vive o Senhor, em cuja presença estou, que não o receberei. Naamã instou com ele para que o tomasse; mas ele recusou.
17 Ao que disse Naamã: Seja assim; contudo dê-se a este teu servo terra que baste para carregar duas mulas; porque nunca mais oferecerá este teu servo holocausto nem sacrifício a outros deuses, senão ao Senhor.
18 Nisto perdoe o Senhor ao teu servo: Quando meu amo entrar na casa de Rimom para ali adorar, e ele se apoiar na minha mão, e eu também me tenha de encurvar na casa de Rimom; quando assim me encurvar na casa de Rimom, nisto perdoe o Senhor ao teu servo.
19 Eliseu lhe disse: Vai em paz.
20 Quando Naamã já ia a uma pequena distância, Geazi, moço de Eliseu, o homem de Deus, disse: Eis que meu senhor poupou a este sírio Naamã, não recebendo da mão dele coisa alguma do que trazia; vive o Senhor, que hei de correr atrás dele, e receber dele alguma coisa.
21 Foi pois, Geazi em alcance de Naamã. Este, vendo que alguém corria atrás dele, saltou do carro a encontrá-lo, e perguntou: Vai tudo bem?
22 Respondeu ele: Tuo vai bem. Meu senhor me enviou a dizer-te: Eis que agora mesmo vieram a mim dois mancebos dos filhos dos profetas da região montanhosa de Efraim; dá-lhes, pois, um talento de prata e duas mudas de roupa.
23 Disse Naamã: Sê servido de tomar dois talentos. E instou com ele, e amarrou dois talentos de prata em dois sacos, com duas mudas de roupa, e pô-los sobre dois dos seus moços, os quais os levaram adiante de Geazi.
24 Tendo ele chegado ao outeiro, tomou-os das mãos deles e os depositou na casa; e despediu aqueles homens, e eles se foram.
25 Mas ele entrou e pôs-se diante de seu amo. Então lhe perguntou Eliseu: Donde vens, Geazi? Respondeu ele: Teu servo não foi a parte alguma.
26 Eliseu porém, lhe disse: Porventura não foi contigo o meu coração, quando aquele homem voltou do seu carro ao teu encontro? Era isto ocasião para receberes prata e roupa, olivais e vinhas, ovelhas e bois, servos e servas?
27 Portanto a lepra de Naamã se pegará a ti e à tua descendência para sempre. Então Geazi saiu da presença dele leproso, branco como a neve.

Antes de mais nada, vamos recordar o que é este mal chamado "lepra":

A lepra (hanseníase, morfeia (éi), mal de Hansen, mal de Lázaro), é uma doença infecciosa causada pelo bacilo Mycobacterium leprae que afeta os nervos e a pele e que provoca danos severos. O nome hanseníase é devido ao descobridor do microrganismo causador da doença Gerhard Hansen. É chamada de "a doença mais antiga do mundo", afetando a humanidade há pelo menos 4000 anos e sendo os primeiros registros escritos conhecidos encontrados no Egito, datando de 1350 a.C..
Ela é endêmica(específica de uma região) em certos países tropicais, em particular na Ásia. O Brasil inclui-se entre os países de alta endemicidade de lepra no mundo. Isto significa que apresenta um coeficiente de prevalência médio superior a um caso por mil habitantes (MS, 1989). Os doentes são chamados leprosos, apesar de que este termo tenda a desaparecer com a diminuição do número de casos e dada a conotação pejorativa a ele associada.


ESTUDO:

1- NAAMÃ - vs. 1

Comandante do exército sírio, com a permisão de Deus, obtivera vitória na guerra contra Israel. Homem admirado e respeitado pelo povo, sofria com uma terrível doença de pele, incurável na época, chamada "lepra". A exemplo de Naamã, muitas personalidades, detentoras de poder e prestígio, também são, mesmo que não adimitam, dependentes das misericórdias divinas.

2 -MENINA ISRAELITA : - vs. 2 e 3
Apesar de muito jovem e uma simples escrava da esposa de Naamã, não deixou que a revolta e o ódio a dominassem; ao contrário, assim como o Senhor Deus quer que façamos, usou de ousadia e humildade, aconselhando sua dona a buscar a cura do esposo através do profeta Eliseu.


3 -REI DA SÍRIA – vs. 5

Com a auto-estima elevada, pois havia acabado de ganhar a guerra contra Israel, o rei sírio praticamente obrigou o rei israelita a providenciar a cura de Naamã. Com isto, leitor querido, devemos fazer uma auto-análise de como estamos procedendo ao nos reportar a nossos semelhantes, independente da posição ou cargo que ocupamos.


4-REI DE ISRAEL – vs.7

Ao ler a carta, amedrontou-se, dada a sua baixa auto-estima, pois acabara de perder a guerra para os sírios, rasgou as próprias roupas em sinal de pavor, pois diante da situação, não vislumbrava nenhuma possibilidade de cura para Naamã, esquecendo-se dos verdadeiros homens de Deus, especialmente do profeta Eliseu, ali tão próximo, pois o medo o cegava. Em situações adversas, lembremo-nos de nossos irmãos na fé, de nossos líderes, pois são de grande valia pois poderão nos aconselhar, pois Deus preparou-nos para isto: aconselharmo-nos uns aos outros.

5- ELISEU – O HOMEM DE DEUS : vs.8
A exemplo da menina, escrava da esposa de Naamã, e por intermédio de sua incisiva ao dizer ao seu rei: "Por que rasgaste as tuas vestes? Deixa-o vir ter comigo, e saberá que há profeta em Israel", Eliseu apenas considerou que era um servo de Deus e tinha que cumprir sua missão: curar aquele homem, para que todos vissem a glória de Deus através deste milagre, sendo Naamã sírio ou israelita, aliado ou não. Ao colocar-se a par de que existia a possibilidade de ser curado por Deus, por meio de Eliseu, Naamã estacionou com seus carros e cavalos à porta do servo de Deus. Mas Eliseu não se intimidou nem se impressionou com a preponderância do comandante militar enfermo. Será que, ao contrário do exemplo de Eliseu, estamos nos deixando intimidar pela influência de quem nos cerca, ou, respaldados na Palavra de Deus, mantendo nosso racionalismo para sobreviver neste estado de coisas tão adverso? Nosso herói, com isto, mandou que seu mensageiro fosse até Naamã dizendo: "Lava-te sete vezes no Jordão, e a tua carne te tornará, e ficarás purificado". O poderoso, mas enfermo comandante, indignou-se com a atitude de Eliseu por dois motivos: 1 - não tê-lo recebido pessoalmente. 2 - pelo fato de ter que se banhar sete vezes no rio de águas turvas, o Jordão, que ficava em Israel. "Por quê não nos rios Abana e Farpar, que pertenciam a Damasco?" e foi-se.


6- OS SERVOS DE NAAMÃ –vs 13
"Meu pai, se o profeta te dissera alguma grande coisa, porventura, não o farias? Quanto mais, dizendo-te ele: Lava-te e ficarás purificado".
Reflexivos: este é o termo que define perfeitamente os servos de Naamã ao pedir-lhe para que ponderasse, pois o ato de mergulhar no rio Jordão valeria a pena pois poderia trazer-lhe a cura, mesmo que aos olhos do chefe esta atitude parecesse indigna. Estaremos demonstrando serenidade diante de situações semelhantes a esta, quando alguém de nosso convívio precisa de uma opinião?


7- GEAZI – (funcionário de Eliseu)- vs. 20 a 23
Atitude desprezível deste homem, pois mesmo convivendo tanto tempo ao lado de Eliseu, não aprendeu nem seguiu o verdadeiro exemplo, pois usou de extrema má fé, ao tirar proveito de toda a situação: obter pagamentos de Naamã, por meio do milagre que o Senhor realizou, além de mentir ao homem de Deus Eliseu. Infelizmente ainda existem no meio de nós "profetas" que mercantilizam o sangue de Cristo, tentando e às vezes até conseguindo engodar as gentes desvirtuando o verdadeiro sentido da Salvação. Ai deles!!! Terão o "galardão" que buscam, assim como Geazi obteve o seu.



Rio Jordão


Estudo feito por Carlos Paulyno - inspirado pelo Espírito Santo

Um comentário:

lurdinha disse...

parabens gostei muito da sua nova postagem que Deus continue te abençoando e que de inspiração para colocar mais postagem que alegrem os nossos corações beijos de sua esposa que muito te ama.