Translate

sábado, 13 de dezembro de 2008

João de Barro




Tenho hábito diário de caminhar e alongar todos os dias pela manhã. Este são meus esportes favoritos! O local onde me exercito é um parque onde predomina várias espécies de pássaros, no qual presenciei uma cena que me levou a uma reflexão. Um elegante joão de barro ciscava animadamente em um monte de lama, onde os funcionários da prefeitura local haviam cavado devido à reforma de um encanamento. A ave, dócil, pois já é acostumada com os passantes, permaneceu ali, "camuflada" no meio da lama, fêz-me lembrar do quanto deixamos escapar as oportunidades. Às vezes, as mesmas se apresentam de formas tão sutis, que somente quem está vigilante poderá percebê-las.
A ave representa as oportunidades; a lama, o rol de mazelas de nosso dia-a-dia.

Estejamos atentos: muitas vezes, enxergamos somente as dificuldades, e não aproveitamos as oportunidades.

Um comentário:

lurdinha disse...

Oi, mozinho...

Gostei muito desta postagem. Que Deus venha te inspirar mais e mais com suas canções e suas crônicas!